Drenagem Linfática Manual

Na matéria de hoje eu trouxe uma super dica para a galera Mente Fitness. Acredito que muitos desconhecem que entre os vários benefícios da drenagem linfática ela também colabora no processo de excreção do ácido lático, diminuindo o tempo de dor e espasmo do músculo fadigado.

A drenagem linfática é uma técnica de compressão manual dos tecidos e tem como objetivo estimular o sistema linfático. E para entender melhor como ela age, é importante saber que o sistema linfático é uma via acessória pela qual os líquidos podem fluir dos espaços intersticiais para o sangue, realizando o transporte de proteínas e material de grandes partículas para fora dos espaços teciduais que o sistema sanguíneo não pode realizar devido à membrana não favorecer a passagem para tal tamanho. O sistema linfático é tipo o “gari” do corpo que remove o excesso de líquido, moléculas proteicas, detritos celulares e outros materiais dos espaços teciduais, ou seja, livrar os tecidos de materiais indesejados e manter o equilíbrio hídrico.

Após a ativação do sistema linfático através da drenagem pode se ter vários benefícios incluindo, por exemplo, o aumento da resposta imunológica (com a renovação das células de defesa), aumento da motricidade do intestino (aumentando a absorção dos nutrientes), melhora da irrigação sanguínea (aumentando a oxigenação e nutrição tecidual), equilíbrio no volume dos líquidos corporais (diminuindo o inchaço, celulite, gordura e aspecto da pele) e relaxamento.

Além dos benefícios já citados, as mulheres também se beneficiam da diminuição dos efeitos da TPM e das outras diversas quedas de taxas hormonais durante a vida, seja na menstruação, gestação e na menopausa que causam a retenção de líquidos promovendo inchaços e dores no corpo. E para turma fitness a drenagem é capaz de ajudar na eliminação do ácido lático da musculatura esquelética que incide em dor e espasmo muscular e no caso de emagrecimento a drenagem não funciona sozinha ela auxilia na diminuição dos líquidos corpóreos e aumenta o metabolismo, mas é preciso adotar hábitos saudáveis, ingerir bastante liquido e fazer atividades físicas.

A drenagem linfática deve ser feita com certa frequência para se obter os resultados, as manobras são feitas com toques suaves no trajeto dos vasos linfáticos, não dói e movimentos com muito força podem obstruir os vasos e não se conseguem efeito  nenhum, por isso, a importância de sempre procurar um bom profissional, além do mais, existem contraindicações e cuidados específicos para cada paciente. Lembrando que no caso de doenças como linfedema, mastectomia, pós-cirúrgicos e gestantes, a drenagem não é para fins estéticos e sim um tratamento.


Fonte: Borges, Fabio dos Santos; Dermato – Funcional – Modalidades Terapêutica nas Disfunções Estéticas ; 2ª Edição; 2010

 

Comentários

Comentários

Compartilhe através do: